Sabia que está a ser env enenado com Químico presente em diversos dentifricos?

0 87

A marca de dentifrico mais famosa e utilizada no nosso país está envolta em polémicas noutros países por conterem em alguns dos seus produtos um químico que algumas investigações está relacionado com o surgimento de cancro. Uma substância química encontrada na pasta de dentes C.olgate é apontada como bastante prejudicial à nossa saúde, estando relacionada com cancro e outros problemas de saúde prejudiciais. Este composto chama-se Triclosan ou triclosano, e é usado em uma variedade de produtos domésticos comuns, incluindo sabonetes, detergentes, cremes dentais, entre outros. O FDA, orgão governamental dos Estados Unidos que regulamenta o uso de substâncias com potenciais riscos à saúde, está reavaliando a sua segurança e eficácia. Um estudo realizado em 2012 indicou que Triclosan enfraquece células musculares isoladas em laboratório, e também células musculares em ratos e peixes vivos, em doses similares àquelas a que pessoas poderiam estar expostas ao usar normalmente os produtos que contém esta substância. Estudos recentes indicam que o Triclosan pode induzir a cancro no fígado ou mesmo noutras partes do corpo. Um estudo conduzido pela Escola de Saúde Pública da Universidade do Michigan associou a exposição ao triclosano com uma maior suscetibilidade a alergias. Este tipo de situações já não são surpreendentes, visto que as entidades reguladoras e governamentais permitem que sejam comercializados produtos desde que passe uns testes simples e não existam provas dos malefícios consequentes da utilização. Um grande exemplo disso foi o amianto que esteve presente em diversos produtos durante muitos anos sem ser retirado do mercado e apenas foi retirado após surgirem muitos casos de pessoas afectadas. Outros casos como os PCB e DDT são também exemplos consideráveis, mas existem muitas outras substancias que passaram pelo mesmo processo.

pasta-de-dentes

O Triclosan passa através da pele e interfere directamente com as funções hormonais. O Canadá já deu um passo em frente e já proibiu os produtos que contenham esta substancia química. Esta substancia está presente em diversas marcas de produtos higiénicos e apesar de tudo os fabricantes dizem que não há motivos para preocupações, dizem ter tudo controlado, mas poderemos confiar neles? Ou estarão a tratar de evitar perder dinheiro?

Pelo sim pelo não, enquanto as entidades reguladoras não nos inspirarem a confiança que todos desejamos no controlo daquilo que é comercializado, o melhor é estarmos informados, ficar atentos e procurar evitar os produtos que contenham esta substância. Quando um país como o Canadá toma a decisão de a proibir, certamente não é recomendável a sua utilização.


You might also like